domingo, 23 de novembro de 2014

"Bonitinhos por fora, uma incógnita por dentro"

Oi gente linda!
Estou aqui, mesmo sem tempo! rs 
Li uma reportagem que não consegui deixar de compartilhar com vocês! Ela é bem grandinha, confesso que quando a minha mãe me obrigou a ler (sim, com direito á chantagem) senti uma preguiçinha, mas vou dar uma resumida pra vocês e vai valer a pena! É sobre algumas substâncias que ingerimos sem saber o mal que elas fazem á nossa saúde.

Revista Claudia - Editora Abril; Edição Nº 11 Ano 53 / Novembro 2014 

"Os agentes infiltrados"

"Bonitinhos por fora, uma incógnita por dentro. Sem saber, ingerimos substâncias estranhas que não alteram a aparência dos alimentos, porém fazem mal á saúde" - Cristina Nabuco

Quem esquenta comida no micro-ondas em pote de plástico ou deixa no carro a garrafinha de água precisa rever esses hábitos. Sua saúde corre risco. E a silhueta também. Uma pesquisa da universidade federal do Rio de Janeiro  apresentada no principal encontro de biologia experimental do país, que aconteceu em agosto, em Caxambu (MG), mostrou que o Bisfenol A (BPA), encontrado nos plásticos transparentes à base de policarbonato, pode alterar hormônios da tireoide e levar a ganho de peso. "O BPA faz parte de um grupo de substâncias que têm a capacidade de interferir na síntese, na secreção e na ação de vários hormônios; por isso, são chamadas de disruptores ou desreguladores de endócrinos", afirma o nutrólogo Mohamad Barakat, de São Paulo. "No organismo, o BPA se comporta de maneira semelhante ao hormônio feminino estrogênio: ocupa seus receptores e afeta o funcionamento de glândulas como a tireoide, os ovários e os testículos", explica a endocrinologista Tania Bachega. Ele no entanto, não é o único intruso. Outros compostos originários do plástico (ftalatos e estireno), bem como de pesticidas, adubos químicos, aditivos sintéticos e metais pesados, oferecem riscos. Alimentos e bebidas aparentemente saudáveis podem estar carregados de xenobióticos, nome técnico dessas substâncias tóxicas estranhas no organismo. Tania suspeita que, além da quantidade e da frequência do contato, a interação entre os inúmeros compostos a que somos expostos cotidianamente produza efeitos prejudiciais, ainda desconhecidos. "Não é preciso se alarmar, mas faça o possível para minimizar a ingestão, selecionando melhor os alimentos e o modo de conservá-los",  aconselha. A médica lembra também que fortalecer as defesas do organismo ajuda a resistir aos ataques.

Os desreguladores endócrinos poder causar puberdade precoce e males que incluem obesidade, síndrome do ovário policístico, infertilidade masculina, câncer de mama e de próstata, segundo Tania. O BPA aparece não só nos plásticos mas também no revestimento de latas de ervilha, milho, molho de tomate, e afins. Está presente, ainda, em alguns tipos de papel-filme para embalar. Por ser muito instável, essa substância nociva migra para a comida, principalmente quando o recipiente é aquecido ou quando há contato entre o plástico e o alimento quente, já que o calor favorece a sua liberação. A migração também pode ocorrer no congelamento, quando o plástico é resfriado. Não há consenso sobre a dose segura de exposição, mas sabe-se que um número cada vez maior de pessoas entra em contato com ele. Em 2003, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças nos EUA coletou urina de 2.517 pessoas: 93% das amostras tinham BPA. Os mais vulneráveis Aos efeitos são bebês e crianças pequenas. Por isso alguns países (entre eles o Brasil) proibiram mamadeiras contendo BPA. As de vidro retornaram ao mercado e as de plástico são hoje a base de polipropileno, que não ofereceriam perigo. Os plásticos produzidos com derivados do petróleo alternativos ao policarbonato ainda não estão fora do grupo de risco. Até porque há versões que já se revelaram prejudiciais. Por exemplo copos descartáveis leitosos e embalagens brancas para alimentos (que parecem isopor) são feitos com poliestireno, que, ao ser submetido ao calor, libera o estireno, considerado cancerígeno. Os ftalenos, usados para deixar mais maleáveis as embalagens plásticas de alimentos processados, foram associados a diabetes e obesidade. Um biólogo da Universidade do Texas, examinou 455 tipos à venda em seu país. A maioria possuía compostos capazes de imitar o estrogênio, atuando como o BPA.
... 

É minha gente! O trem é feio né?
A matéria é maior, fala sobre a contaminação de alguns alimentos, dos aditivos nos industriais, os agrotóxicos e tem um rodapé chamado "Rede de proteção" que explica a defesa do organismo. Achei essa matéria interessante porque aposto que - assim como eu - a maioria jamais imaginava que alguns recipientes poderiam causar tantos malefícios! 
Se vocês tiverem interesse no restante da reportagem me avisem, que eu faço outra postagem, porque não achei essa matéria da revista na internet!
A cada dia fica mais difícil de manter uma vida 100% saudável e livre de substâncias tóxicas, mas não podemos desistir e devemos estar sempre em busca de novas informações, afinal ... nunca é demais! 

Achei interessantíssima essa matéria! 
E pensei logo em contar para os meus queridos leitores!
Espero que tenham gostado ... vou dormir que amanhã meu dia é muito longo!
Escrevam para nós aqui embaixo nos comentários, ou siga a nossa página no facebook aqui
Fiquem com Deus e um beijão!
Nicolle Rettore

5 comentários:

  1. Nossa super construtiva a reportagem. Infelizmente nos dias de hoje devido a praticidade é adotado muitos modos errados tanto de quem se produz quanto a nós mesmos os consumidores. Sem perceber que aos poucos este habito vem nos ajudando por uma lado mais que por outro vem acabando com nossa saúde devemos largar um pouco a preguiça de lado e lutar por coisas e hábitos mais saudáveis mesmo que isto custe mais tempo e dedicação. Beijo amei o Blog querida ....Gabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi! Concordo em gênero, número e grau com você! Apesar do tempo que se é "perdido" e da dedicação que será depositada nesse habito, os benefícios são diversos! Acredito que a maioria está começando a olhar para a saúde e bem estar com outros olhos (olhos melhores, rs) Obrigada ... e volte sempre! ;** nicolle.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Sigo vc nas redes sociais adoro muito vc mesmo sem conhecer! Rsrs
    acho qui olhar suas fts no insta foi meio qui uma inspiraçao ! Eu nao sabia oq fazer da vida , abadonei tudo , e vi qui vc quer se formar em nutriçao eu tbem amo a nutriçao e desejo ser uma nutri , tou quase rsrs , tem uma familia linda , viaja , e vi qui sem estudo ninguem vai longe ! admiro muuito vc ! Qui vc continue assim bjsss , espero conhecer vc um dia ! Rs

    ResponderExcluir
  4. Sigo vc nas redes sociais adoro muito vc mesmo sem conhecer! Rsrs
    acho qui olhar suas fts no insta foi meio qui uma inspiraçao ! Eu nao sabia oq fazer da vida , abadonei tudo , e vi qui vc quer se formar em nutriçao eu tbem amo a nutriçao e desejo ser uma nutri , tou quase rsrs , tem uma familia linda , viaja , e vi qui sem estudo ninguem vai longe ! admiro muuito vc ! Qui vc continue assim bjsss , espero conhecer vc um dia ! Rs

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário e dicas!